Recenseamento Agrícola 2019 (RA 2019)

O Recenseamento Agrícola é um importante instrumento para a caracterização da agricultura do país, das estruturas e sistemas de produção, da população rural e dos modos de produção agrícola. Constitui um instrumento essencial para o conhecimento da agricultura portuguesa, para a quantificação do seu contributo para a economia nacional, para a definição das políticas públicas e para a tomada de decisão no domínio privado deste setor. Assume-se, além disso, como a única fonte exaustiva de informação sobre o setor agrícola, pois recolhe dados sobre todas as explorações agrícolas nacionais, proporcionando resultados a níveis geográficos muito detalhados como a freguesia ou o município.

 

A realização do Recenseamento Agrícola permite, assim, responder às necessidades estatísticas nacionais e internacionais, obrigando atualmente a legislação da UE que todos os Estados Membros procedam à realização desta operação, assegurando a existência de um mesmo enquadramento geral (conceptual e metodológico), o que permite obter resultados harmonizados e comparáveis. Esta obrigatoriedade decorre da importância dos resultados do Recenseamento Agrícola para a definição e monitorização da Política Agrícola Comum, cuja relevância se encontra traduzida ao nível do orçamento da UE, enquanto instrumento fundamental para o desenvolvimento económico e social europeu.

 

Posto isto, e na qualidade de responsável pela equipa do Núcleo de Viseu, venho solicitar a colaboração do Município do Sátão para a divulgação da realização da recolha de dados junto da população residente do concelho, a qual irá ser efetuada, presencialmente, por entrevistador, junto de todas as explorações agrícolas. A operação de campo decorrerá entre outubro de 2019 e maio de 2020, tendo início a 25 de outubro.

A divulgação dos resultados terá lugar no final de 2020.

 

A resposta ao Recenseamento é obrigatória e confidencial (Lei 22/2008, de 13 de Maio).

As informações individuais fornecidas pelos agricultores destinam-se, nos termos da Lei, exclusivamente a fins estatísticos, não podendo ser divulgadas nem utilizadas com outra finalidade.